3º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais e Aduaneiros

A APIT, a Febrafite e a LawAcademy, assumiram o desafio de organizar o 3.º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais e Aduaneiros, dedicando o evento ao tema “Em Busca de Justiça Fiscal”.

Publicação: 27/02/2018
Última visualização: 14/12/2018 - 00:31

Caros Congressistas,

A APIT, a Febrafite e a LawAcademy, assumiram o desafio de organizar o 3.º Congresso Luso-Brasileiro de Auditores Fiscais e Aduaneiros, dedicando o evento ao tema “Em Busca de Justiça Fiscal”.

O sucesso observado nos eventos precedentes são o garante da pertinência destas realizações e da necessidade em evoluir na continuidade da sua realização. Neste Congresso, envolvendo auditores fiscais e inspetores tributários e aduaneiros que partilham uma mesma língua e o mesmo desejo de servir a Sociedade em busca de Justiça Social através de Justiça Fiscal, pretende-se promover momentos de discussão, reflexão, troca de experiências e enriquecimento sobre o conhecimento de temáticas relevantes para o exercício das nossas profissões no âmbito das Administrações Tributárias e Aduaneiras.

Tão ou mais importante é o envolvimento neste evento de profissionais do setor privado (professores, investigadores, juristas, advogados, contabilistas e outros profissionais), procurando-se assim ir ao encontro das expectativas de todos os participantes na criação de sinergias com o envolvimento dos vários intervenientes.

Desta forma, com esta abertura e disponibilidade, as nossas Sociedades podem avançar na certeza de que todos os envolvidos em matérias fiscais ou aduaneiras estão imbuídos de um inquebrantável espírito de Justiça.

O programa desenvolve-se em torno das seguintes temáticas:

Que caminhos para alcançar a Justiça Fiscal;

Os Desafios da Investigação Criminal Fiscal;

A Educação Fiscal e o seu papel no futuro de Sociedades Modernas e Civilizadas;

A Tributação do Futuro e o Papel dos Inspetores / Auditores;

Os Desafios da Globalização para a Área Aduaneira;

As Prerrogativas destes Profissionais na sua relação com os Contribuintes;

Uma palavra de felicitação e de agradecimento a todos quantos, de alguma forma, aceitaram participar neste evento, disponibilizando-se a com a sua presença engrandecer o evento, otimizar os ensinamentos e provar a necessidade de uma contínua troca de conhecimentos e experiências entre todos aqueles que laboram neste setor.

Termino desejando que o evento decorra dentro das vossas elevadas espectativas e na certeza de que tudo faremos para vos bem acolher novamente na “Antiga, Mui Nobre, Sempre Leal e Invicta, Cidade do Porto”.


Porto, Fevereiro de 2018

Nuno Barroso, Presidente da APIT




Sejam bem-vindos a mais um Congresso-Luso Brasileiro, ora pois!

Estimados (as) colegas profissionais do Fisco brasileiro. Eis que estamos diante de mais um grande evento internacional que nasceu com o espírito de promover a integração, o intercâmbio, a qualificação e debater temas atuais no âmbito desta fundamental atividade do Fisco para o Estado, envolvendo as Administrações Tributárias do Brasil e de Portugal.

Os Auditores Fiscais brasileiros e portugueses compartilham de muitos sentimentos e lutas em comuns como, por exemplo, A BUSCA DA JUSTIÇA FISCAL, tema central escolhido para nortear a terceira edição do Congresso-Luso Brasileiro de Auditores Fiscais e Aduaneiros.

Motivadas pelos os nobres sentimentos de empreender, realizar e fazer acontecer, as entidades nacionais Febrafite (Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais), do Brasil, e a APIT (Associação Sindical dos Profissionais da Inspeção Tributária e Aduaneira), representativa das autoridades tributárias do Fisco português, com o apoio de outras entidades nacionais do Fisco brasileiro, reunirão em um momento único especialistas, pesquisadores e professores universitários do mais alto nível, com o objetivo de investigar e debater os caminhos para alcançar a justiça fiscal; os desafios da investigação criminal fiscal; as prerrogativas dos profissionais do Fisco e sua difícil relação com os contribuintes, no dia a dia do exercício da atividade.

O papel do Fisco para a construção de um país socialmente mais justo, será abordado nos painéis sobre a educação fiscal e o seu papel no futuro das sociedades modernas e civilizadas. A educação fiscal é uma marca registrada da Febrafite que atua na promoção da consciência social dos tributos, da sua correta aplicação, na qualidade dos gastos públicos e no combate ao desperdício dos recursos públicos. Afinal, o pagamento dos tributos é mais que uma obrigação determinada por lei, é um instrumento que pode e deve ser utilizado para promover as mudanças e reduzir as desigualdades sociais.

Então, aproveitem mais essa oportunidade. Vamos juntos discutir a tributação e o Fisco do futuro na sociedade. Precisamos estar preparados para os desafios que estão por vir no mundo globalizado, debatendo com entusiastas palestrantes convidados de organismos internacionais e nacionais apoiadores, a exemplo do CIAT (Centro Interamericano de Administrações Tributárias) e o ENCAT (Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários Estaduais), entre outros, que estarão conosco nesses dias. Esperamos vocês na belíssima e acolhedora Cidade do Porto, Portugal.


Distrito Federal (Brasil), fevereiro de 2018.

Roberto Kupski, presidente da Febrafite

Fonte: FEBRAFITE