Notícias

Federação defende revogação da Lei Kandir e retorno da competência tributária aos estados

Federação defende revogação da Lei Kandir e retorno da competência tributária aos estados
Congresso em Foco

Federação defende revogação da Lei Kandir e retorno da competência tributária aos estados

4/6/2020

A Lei Kandir foi prorrogada em dezembro pelo Congresso Nacional. A validade deixou de ser no dia 1º de janeiro de 2020 e passou a ser em 1º de janeiro de 2033. O prazo define o intervalo de tempo no qual as empresas exportadoras poderão contar com crédito do ICMS sobre insumos (energia elétrica, telecomunicações e outras mercadorias) não utilizados diretamente no processo de produção de produtos que serão exportados.

Para a Federação Brasileira de Associações de Fiscais de Tributos Estaduais (Febrafite), o benefício fiscal concedido para as exportações de produtos primários e semielaborados, deve ser revogado, devolvendo a competência tributária aos Estados. O assunto divide opiniões e para debatê-lo, o Congresso em Foco, em parceria com a Febrafite, promoverá, na próxima segunda (1), às 16h, uma live com os seguintes convidados:

Wellington Fagundes - senador pelo PL do Mato Grosso, é membro da Comissão de Assuntos Econômicos e da Comissão Temporária para Reforma do Código Comercial (Art. 374-RISF);

René de Oliveira e Sousa Júnior
- secretário de Fazenda do Pará, é especialista em tributos estaduais e ICMS;

Onofre Alves Batista Júnior - professor de Direito Público da Graduação, Mestrado eDoutorado da UFMG e ex-Advogado-Geral do Estado de Minas Gerais

Rodrigo Spada -presidente da Febrafite e vice-presidente do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas do Estado (Fonacate);

Charles Alcantara - presidente da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco);

A mediação será feita pela jornalista Raquel Capanema.

Foto: Indústria | Crédito: Pixabay

Thank you! Your submission has been received!
Oops! Something went wrong while submitting the form.